All my days WEEK

A semana começou como uma revelação. Com certeza já alguma vez se perguntaram como será que as mulheres vêem os homens quando eles deixam crescer a barba. A Gillette fez uma «caricatura» da situação… uma ação para promover o Prestobarba Gel no Brasil:

 

 

Depois a Coca-Cola lançou-mos um desafio ao estilo 007, em troca de bilhetes para a estreia do novo filme 007. Será que alguém conseguiu libertar o 007 que tem dentro de si? Ora vejam o vídeo da ação:

 

 
Choquei depois com uma campanha de sensibilização pelo respeito dos direitos das pessoas com deficiência mostra que “na hora de estacionar, o respeito tem de ter espaço garantido”… vejam esta ação em Curitiba para promover o movimento “Esta vaga não é sua nem por um minuto!”:

 

Ainda dentro da linha da sensibilização, a NFL associou-se à American Cancer Society numa campanha para sensibilizar as mulheres quanto à necessidade de rastreio do cancro da mama. Por muito que seja difícil de imaginar,  jogadores, árbitros e treinadores de um dos mais brutais e másculos desportos do mundo «vestiram-se» de cor-de-rosa pela causa… calçam botas e luvas cor-de-rosa, usam toalhas cor-de-rosa, protetores de pulsos e lenços cor-de-rosa, bonés cor-de-rosa e alguns jogadores até chegam ao estádio vestidos de fato cor-de-rosa. Podem consultar mais informações sobre a campanha aqui nfl.com/pink.

 

Conhecida mundialmente pela sua força e pelo apoio incansável à equipa durante os 90 minutos, a claque do Boca Juniors passou por uma espécie de teste para mostrar que não é apenas na «sua casa» que a “hinchada xeneize” faz um estádio tremer. A responsável pelo desafio foi a Nike, patrocinadora do clube, ao instalar um sismógrafo no estádio Bicentenário (San Juan), durante a final da Copa da Argentina, disputada entre Boca Juniors e Racing. O  sismógrafo registou mesmo um pico de 6.4 na escala Richter logo após o primeiro golo da partida da equipa do Boca. Ora vejam:

 

E acabo com o primeiro vídeo promocional lançado pelo Facebook “The things that connect us“, numa altura em que a rede social atinge 1 bilião de utilizadores, que tem recebido muitas críticas… no anúncio de 90 segundos o Facebook é comparado a cadeiras, campainhas, pontes e aviões como “things that people use to get together so they can open up and connect”. A verdade é que o anúncio se tornou alvo de muitas piadas, desde vídeos a parodiar  como por exemplo o “Are chairs like Facebook” e até alguns websites como o  arechairslikefacebook.com que remete para uma página onde só aparece um gigante “NO” e o arelikefacebook.com que, como podem ver na imagem abaixo, permite a qualquer pessoa compara o Facebook ao que quiser e automaticamente a imagem muda consoante o «pedido» da pessoa.


ESTA SEMANA TEVE AJUDA À INSPIRAÇÃO DE “All my days” do Alexi Murdoch. Porque “For I look around me/And it seems He found me/And it’s coming into sight”.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s