TMN agora é MEO

Image

O Presidente Executivo da PT anunciou hoje que a MEO se tornou na marca única da oferta móvel e residencial da Portugal Telecom. Perto de celebrar os seus 23 anos de existência, a marca TMN desaparece e todos os serviços ficam sob a marca MEO, numa estratégia que aposta na convergência fixo-móvel e dos serviços voz, internet e televisão. Esta estratégia foi ainda justificada pela tendência de consumo verificada no seio do Grupo PT; no último ano, a marca MEO consolidou a sua presença no mercado – foi a marca mais recordada nas campanhas publicitárias realizadas no ano passado, em todos os sectores, de acordo com um estudo da Publivaga. Desde 1991 que a TMN se preocupou em apresentar produtos e serviços que marcassem e alterassem a forma de comunicar dos portugueses.

A marca mudou, mas a rede, as lojas, o apoio ao cliente, os serviços e os tarifários continuam iguais. A TMN apenas alterou a sua denominação social para MEO. Esta é precisamente a mensagem veiculada na nova campanha de comunicação multimeios, que conta com os Gato Fedorento que assumem personagens introduzidas pela TMN ao longo dos anos, como podem ver no vídeo abaixo.

Anúncios

A beleza real pode ser genuinamente fantástica com a Dove

A Dove sempre se demarcou num mundo onde a indústria cosmética tem «influência» na criação de padrões e estereótipos de beleza. Como marca de produtos de higiene pessoal, a Dove assume como missão “ajudar cada mulher a descobrir a própria beleza, a beleza real”. É neste sentido que, as campanhas de comunicação da marca sempre procuraram oferecer uma proposta honesta para mulheres reais. Desde estudos sobre a ‘Beleza Real’, a inquéritos realizados em vários países para a percepção que as mulheres têm sobre aspectos como a sua própria beleza ou ainda a beleza dos outros, a Dove muito tem feito para ajudar cada mulher a tirar partido do seu próprio estilo de beleza.

Image

Sabendo que as mulheres são as principais críticas em relação à sua própria beleza, a marca assumiu o compromisso de incentivar uma auto-estima positiva e inspirar mulheres e meninas a atingir o seu potencial máximo. Desta forma, como podem ver no vídeo abaixo, a Dove realizou uma experiência que comprova algo muito importante: ‘Você é mais bonita do que pensa’.

Ainda recentemente, a marca «uniu» mães e filhas contra as suas maiores inseguranças em relação ao seu físico, numa tentativa redefinir o conceito de beleza. Ora vejam o resultado da campanha:

Falo ainda do ‘Projeto pela Autoestima’ criado pela marca que, desde há vários anos, procura promover a auto-estima das mulheres, desmistificando preconceitos sobre a beleza. Este projeto está cada vez mais direcionado para as crianças com o objetivo de combater os efeitos que os mitos da beleza podem causar nas suas mentes frágeis e, deste modo, afetar a sua autoestima e autoconfiança. A marca disponibiliza no seu site algumas brochuras para download com dicas, artigos e conselhos que os pais ou professores podem utilizar para ajudar os seus filhos ou alunos a desenvolver uma relação positiva com o seu corpo.

Because who is perfect?

E se no meio de manequins perfeitos nos deparássemos com figuras com membros cortados ou a coluna vertebral mal formada?! Esta campanha, intitulada “Because who is perfect? Get closer.”, foi concebida pela Pro Infirmis no âmbito do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, para provocar uma reflexão sobre a aceitação das pessoas com deficiência.

Every seat at Carrow Road has a story

O Norwich City está a «convocar» os seus adeptos para partilharem, com texto e imagem, as histórias dos seus lugares cativos no estádio, utilizando o Twitter @NorwichCityFC e o e-mail myseat@canaries.co.uk. No final, o clube pretende escolher os quatro melhores depoimentos para serem documentados, dando ainda a possibilidade a cada vencedor de conhecer o seu atleta preferido.

Para mais informações sobre esta ação, leiam o artigo do Futebol Marketing.

A brochure made entirely without energy

Ao longo dos últimos anos, a Fundação EDP tem feito um esforço para fazer chegar a energia elétrica às comunidades subdesenvolvidas, tendo sido já implementados alguns projetos pela África e América do Sul.

Numa tentativa de mostrar como é difícil viver sem energia, a Fundação EDP desenvolveu uma ação em que se propunha a fazer uma brochura sem utilizar qualquer fonte de energia elétrica, como podem ver no vídeo.