As potencialidades do pacote de açúcar como suporte de comunicação

Num destes dias saí para beber um café (um daqueles hábitos rotineiros) e ao abrir o pacote do açúcar (Buondi Café – Grupo Nestlé) reparei que num dos lados tinha publicidade ao chocolate Toffee Crisp (também do Grupo Nestlé)… “Está de volta!”, era esta a mensagem principal que se pretendia comunicar.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Percebe-se que, depois de responderem a questões como “Qual é a mensagem a transmitir?”, “A quem a mensagem deve chegar?” e “O que se pretende com isso?”, encontraram no pacote de açúcar «a forma» de o transmitirem.

Perguntei-me quantas pessoas não terão ficado com vontade de comer um chocolate Toffee Crisp para acompanhar o cafezinho… Não vá a Nestlé querer lançar um novo hábito: “Ora, sai um café e um Toffee Crisp!”, em vez da conjugação tradicional “bica e Pastel de Nata”. Fez-me recordar até a ação da Delta Cafés para o Dia dos Namorados em 2013, ao mudar a cor dos grãos de açúcar… eram «avermelhados» nesse dia. Uma tentativa de a marca espalhar «doçura» no São Valentim traduzida pela mensagem “A vida precisa de mim apaixonado”. Porque uma grande marca sabe apelar às emoções!

1

Sei que isto não é uma novidade mas nunca é demais lembrar que, são «pormenores» como estes que nos mostram as potencialidades de um simples pacote de açúcar como suporte de comunicação.

E vocês? Têm experiências (doces) destas para partilhar?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s