O papel de Cinderela é para os clientes

Andava eu um dia destes a passear numa rua de comércio tradicional quando os meus olhos foram «atraídos» por uns sapatos em muito mau estado, rotos até. Isto não tem nada de estranhar (dirão vocês!), não estivesse eu a olhar para os sapatos de uma funcionária de uma sapataria! É que o mínimo que se poderia esperar no atendimento aos clientes de uma sapataria seria que os seus colaboradores estivessem «bem calçados».

Sapato-Cinderela

O mesmo poderia dizer de um salão de cabeleireiro onde as colaboradoras andam com o cabelo todo desmazelado… Afinal, as pessoas que estão no atendimento ao cliente são a “cara” do negócio. Que imagem transmite uma sapataria onde os seus funcionários andam com sapatos rotos ou um salão de cabeleireiro onde a pessoa que nos vai arranjar o cabelo é que precisa de um «arranjinho»?! O que pensariam vocês desta sapataria e deste cabeleireiro? Mesquinhos ou não, estes (pequenos) fatores acabam por ter influenciam no nosso processo de decisão de compra/comportamento de consumo. Na falta de um “selo de confiança”, como podem os comerciantes despertar o nosso interesse?

E vocês? Já passaram por experiências (desmazeladas) como esta?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s