A geração dos filhos da criatividade

CRIATIVIDADE. Foi esta a palavra que me levou a escrever este pequeno «desabafo». Sim, esta coisa da criatividade que se «entranhou» de tal forma em nós que já nem deixa as conversas de café.

A criatividade tornou-se a palavra da moda, como a Zumba é agora a modalidade da moda (ou já será o Twerk), ou como os batidos verdes a tendência alimentar. Arrisco-me1 a dizer que a palavra “criatividade” está para a pergunta “O que é preciso?”, como a palavra “interessante” está para a pergunta “O que achou?”! Agora em tudo vemos criatividade, e atenção que com isto não estou a dizer que a criatividade não é “uma coisa boa”. É só que me parece que já andamos todos um pouco «inebriados» com tanta criatividade e esquecemo-nos de que não é só colocar uma ideia já existente de pernas para o ar; as ideias devem ter alguma aplicabilidade/utilidade… E assim, começa as «escapar-nos» que a criatividade mais genuína, aquela que surge do improviso, verdadeiramente engenhosa, está mesmo dentro das nossas casas… Nas nossas mães! E falo com conhecimento de causa.

Há uns dias, a minha mãe conseguiu acabar com aquela coisa desagradável das portas a bater em casa (quem nunca ouviu da sua mãe “Cuidado com as portas!” ou “Não batas com as portas!”?!), com a simplicidade e a criatividade que não lembra nem aos melhores criativos… Alheia ao facto de que Portugal é o maior produtor mundial de cortiça e de que os objetos de cortiça são uma tendência da moda, ela pegou numa rolha de cortiça de uma garrafa que estava lá por casa, cortou-a ao meio na longitudinal e voilá… fez um limitador para portas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

 

Assim, pode escolher a abertura da porta e pode retirar quando quiser e colocar noutra porta (e não há aquele inconveniente de pisarmos e nos magoarmos como quando os limitadores estão fixos no chão)… Além de que estamos a reaproveitar/reutilizar um objeto que iria para o lixo. E é por isso que as mães são um “grupo” a seguir.

E vocês? O que é que as vossas mães andam a fazer aí por casa?

 

1Sim, é um risco; não vá alguém pensar de forma diferente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s