Quando as marcas nos levam a reagir/agir

Cada vez mais conscientes de que nós (consumidores) colocamos informação na memória pelos sentidos, marcas e organizações têm vindo a apostar em estratégias para construir experiências que nos levam a reagir/agir; são aquelas ações que apelam às experiências físicas.

Sabendo que o uso do telemóvel está a provocar cada vez mais mortes na estrada, a Volkswagen preparou uma «experiência real» numa sala de cinema em Pequim de forma a «mostrar» o que nos pode acontecer quando tiramos (nem que seja por um segundo) os olhos da estrada para mexer no telemóvel. Ora «ponham os olhos» nisto:

 

No nosso mundo confortável, basta-nos abrir a torneira e a água jorra, clara e limpa. Mas a água potável não é um recurso garantido para todos. No âmbito de uma campanha associada ao Dia Mundial da Água, a organização internacional de apoio a África AMERF Itália quis que os utilizadores do metro em Roma «experienciassem» o que um africano tem de fazer para conseguir água potável. Foi este o resultado:

 

Apoiada na ideia da solidariedade feminina, a KAFA – uma organização que luta pelos direitos humanos – «engendrou» uma experiência que testou os limites das mulheres em relação à violência doméstica (verbal) durante uma (banal) viagem de táxi no Líbano.

 

E vocês? Já alguma marca vos levou a reagir/agir?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s